No dia 17 de julho, é comemorado o Dia Mundial do Emoji. Este é um dia comemorativo para os entusiastas da tecnologia e para aqueles que estão sempre em busca de novidades. Na última quarta-feira (17), portanto, novos emojis foram revelados ao mundo.

Entretanto, eles ainda não estão exatamente disponíveis. Os emojis, que completam o pacote de atualizações de 2019, serão de fato liberados para utilização ao longo do ano. Com o anúncio, pudemos ter um vislumbre de como eles serão. O tema mais explorado por seus criadores neste ano foi a inclusão.

De acordo com as informações do Engadget, novos emojis são determinado e aprovados pela organização sem fins lucrativos Unicode Consortium. Isso, todos os anos. No início de 2019, a organização havia anunciado 59 novos emojis, com 230 variações de tom de pele e gênero. Muitos deles focados na inclusão.

Ao serem lançados, empresas como a Apple e o Google, por exemplo, acabam os adaptando para os itens funcionarem em suas plataformas. Assim, no último dia 17, as empresas nos deram um vislumbre de seus novos emojis, em pleno Dia Mundial do Emoji.

Por meio de seu blog, a Apple relatou que muitos de seus novos emojis foram desenvolvidos para trazer mais representatividade para as pessoas com deficiência. Entre eles, estão um ouvido com aparelho auditivo, um cão-guia, diversas cadeiras de rodas e próteses de pernas e braços. Ainda segundo a publicação, os usuários de sua plataforma poderão ainda escolher entre 75 combinações diferentes de tons de pele e gênero.

Segundo seu blog, o Google não ficou atrás, e está liberando diversos emojis, também com temas de inclusão. Assim como a Apple, o Google permitirá que os usuários de sua plataforma criem até 71 combinações diferentes. Além do mais, a empresa ainda afirmou que pretende lançar emojis com maior inclusividade de gênero, tornando indivíduos com gênero neutro o padrão para alguns emojis.

Representatividade

“Estamos lançando 53 emojis com designs inclusivos de gênero. Por exemplo, o emoji de ‘policial’ é normalmente exibido como masculino e a ‘pessoa cortando o cabelo’ é do sexo feminino”, explicou Jennifer Daniel, diretora criativa de Emoji do Google. “Esses tipos de decisões de design podem reforçar os estereótipos de gênero. Assim, com essa atualização, os emojis que não especificarem o gênero terão como padrão um design ambíguo de gênero”.

A Organização Nacional para Deficiências (OND), nos Estados Unidos, elogiou a criação dos novos emojis. Eles desejam que isso possa incentivar a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. “Esses novos emojis permitirão que um bilhão de pessoas com deficiências em todo o mundo se expressem de forma mais completa e autêntica”, disse Priyanka Ghosh, diretora de Assuntos Externos do OND, à NBC News.

“Talvez a América corporativa também possa aproveitar esses novos ícones para incorporar a deficiência de forma transparente em suas questões cotidianas, permitindo que os funcionários se comuniquem melhor entre si e construam mais culturas inclusivas de deficiências”.

Além dos emojis inclusivos, ambas empresas devem lançar diversos outros novos emojis. Entre eles, estão um rosto bocejando, um waffle, uma preguiça, um gambá, um alho e muitos outros. Em alguns meses, os emojis da Apple já devem estar disponíveis para os usuários do sistema da Maçã. O Google informou que os novos emojis de sua plataforma devem estar disponíveis com o lançamento do Android Q, que deve acontecer em algum momento, ainda neste ano.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Essa matéria Veja alguns dos novos emojis que estão vindo por aí foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.


E aí tem algo escrito errado? Ficou com alguma dúvida ou tem alguma sugestão de matéria para O DesaForado? Envie para nós clicando no botão abaixo e não esqueça de deixar seu comentário abaixo.

Enviar Dica


Fonte: https://www.fatosdesconhecidos.com.br/veja-alguns-dos-novos-emojis-que-estao-vindo-por-ai/ 

Deixe uma resposta