Após muita espera, a segunda parte de The Last of Us foi lançada no mês passado. O desenvolvimento do game durou seis anos. Então, os fãs da franquia estavam com altíssimas expectativas para essa nova aventura. Aparentemente, toda a paciência foi compensada. De acordo com a crítica especializada, The Last of Us 2 conta com uma jogabilidade aprimorada em relação ao seu antecessor. Além disso, elogios voltados para a fidelidade visual e performance do elenco também não foram poupados. Sendo assim, se você está em busca de entretenimento nessa quarentena, esse jogo narrativo pode ser tudo que você procura e um pouco mais.

Além da recepção crítica, o público também abraçou com força esse novo jogo. Só para ilustrar, aqui no Brasil, The Last of Us 2 se tornou recordista de pré-vendas. Isso significa que várias pessoas ao nosso redor estão emergindo nas aventuras de Ellie e Abby. Inclusive, se você está jogando, jogou ou pretende jogar The Last of Us 2, eis aqui algumas dicas de como explorar tudo o que o game pode oferecer. Inspirados por Aaron Greenbaum, do Looper, pontuamos aqui alguns tópicos que podem melhorar suas experiência.

Como achar itens colecionáveis de forma eficaz?

Visto que o objetivo dos games é manter seus jogadores entretidos pelo máximo de tempo possível, é comum nos depararmos com estratégias como a busca por itens colecionáveis. Ao passo que muitos deles podem facilmente passar despercebidos, também existem pessoas que realmente investem seu tempo e disposição em busca desses cobiçados itens. Você deve estar pensando: “Nossa, seria incrível se existisse uma forma prática e rápida de encontrar todos”. Bom, a boa notícia é que existe sim.

The Last of Us 2 conta com uma variedade de opções de acessibilidade e a mais importante nesse caso é a Tela de Alto Contraste. Em suma, essa opção faz com que o mundo do jogo perca seu aclamado desempenho gráfico mas permite que algumas coisas brilhem com cores distintas, incluindo os colecionáveis em questão. Além disso, se esse recurso não for suficiente, você também pode tentar ativar o Modo de Escuta Aprimorada. Assim você terá acesso à ecolocalização do protagonista.

Abrindo cofres que nem um especialista

Se você é um consumidor assíduo de filmes, séries, desenhos e afins, certamente já se deparou com a clássica cena em que um assaltante usa um estetoscópio para abrir um cofre. Pois bem, o objetivo por trás dessa técnica é escutar os cliques ao girar a maçaneta e, assim, quebrar a segurança do cofre. Felizmente, The Last of Us 2 nos permite fazer o mesmo. Basta aumentar o volume do jogo para além dos níveis de segurança recomendados. Dessa forma, será possível ouvir dois cliques diferente. O primeiro clique é indicado logo quando você gira o botão, mas o segundo é um pouco mais alto e surge quando você chega ao número certo. Embora pareça complicado na explicação, na prática, depois de algumas tentativas, você entenderá.

Em caso de emergência quebre o vidro

Visto que o universo de Last of Us 2 se passa em um cenário pós-apocalíptico, é comum vermos um rastro de destruição e saque. Logo, o mais usual é pensar que não há nada de proveitoso ali. Errado. Se você olhar com atenção, verá janelas e recipientes de vidro intactos. Enquanto outros jogos usam o vidro como barreira, Last of Us utiliza o material para ocultar itens colecionáveis e dicas para encontrar recursos. Portanto, sempre que possível, quebre o vidro. Contudo, é necessário certo cuidado pois, assim como em Um Lugar Silencioso, o barulho pode atrair inimigos hostis.

E então, já zerou The Last of Us 2? Qual sua opinião sobre o jogo? Conhecia essas dicas? Compartilhe sua opinião com a gente.

Essa matéria Será que você jogou The Last of Us 2 da forma certa? foi criada pelo site Fatos Desconhecidos.

Fonte: https://fatosdesconhecidos.ig.com.br/sera-que-voce-jogou-the-last-of-us-2-da-forma-certa/

Deixe uma resposta