Em 1780, no meio da Guerra Revolucionária, o dia das trevas trouxe a escuridão que começou ao meio-dia na Nova Inglaterra. Muitas pessoas pensaram que o dia do juízo final havia chegado, e desde então este dia seria lembrado como o Dia das Trevas da Nova Inglaterra. Vamos descobrir mais!

O Dia das Trevas aconteceu em New England (Nova Inglaterra)

Em 19 de maio de 1780 ocorreu um evento que foi chamado pelos historiadores como “O Dia das Trevas.”

Por volta de meio-dia, a escuridão da noite surgiu, os pássaros cantavam suas canções à noite, os animais começaram a ter comportamentos estranhos e seres humanos espantados.

Uma testemunha ocular descreveu o acontecimento da seguinte forma (resumido):

    “Pela manhã surgiu claro o Sol, mas logo se ocultou. As nuvens se tornaram negras e houve relâmpagos e trovões. Por volta das nove horas o céu adotou uma cor bronzeada ou acobreada. Alguns minutos mais tarde, uma pesada nuvem negra se espalhou por todo o céu, exceto numa estreita orla do horizonte, e ficou tão escuro como usualmente é às nove horas da noite em verão. As aves e o gado foram dormir enquanto rãs e morcegos saiam para começar a “noite”. As trevas foram extremamente densas depois das onze da manhã. 
    Uma ou duas horas antes da noite o céu ficou parcialmente claro e apareceu o Sol ainda obscurecido pelo negro nevoeiro. Quando escureceu as trevas da noite também foram incomuns. Apesar de haver quase lua cheia, nenhum objeto se distinguia a não ser com o auxílio de alguma luz artificial. Depois de meia-noite as trevas se desvaneceram, e a Lua, ao tornar-se visível, tinha a aparência de sangue”. 

1

Quando chegou o que teria sido a noite porém sem a luz da lua cheia. Mesmo em áreas que tinham visto um pouco a luz do sol durante o dia, não podia se ver a lua; não havia lua, nem estrelas, era a mais escura noite que ninguém tinha visto. As pessoas não foram dormir, e mantiveram vigília para ver se o sol estava retornando à sua realidade. Para seu alívio, o sol voltou na manhã do dia 20 de Maio um dia  depois de ter se iniciado um dia inteiro de escuridão. Curiosamente, as pessoas tomaram isso como um novo começo , muitos oraram por horas, grato que o mundo não tinha terminado.

CAMERA DIGITAL OLYMPUS

Quase 230 anos depois, os pesquisadores da MU (University of Missouri) em estudo de registros e evidências de marcas de queimaduras, resultaram que o dia escuro foi causada por incêndios maciços que queimadas no Canadá.

Os pesquisadores estudaram anéis de árvores Algonquin Highlands, no sul de Ontário, e muitos outros locais. Eles descobriram  que um grande incêndio queimou em 1780 afetando centenas atmosféricas de quilômetros de distância. Grandes colunas de fumaça foram criados e foram transportados para a atmosfera superior.

Uma explicação plausível é que o vento teria levado a fumaça para cima, impedindo que os espectadores sentissem o cheiro.
Frente a esta afirmação surgem alguns questionamentos como por exemplo: Se incêndios florestais são tão comuns na região, como é que ninguém em seis estados não pensou nisso naquela época? Se um incêndio florestal foi a causa real do Dia Escuro, como é que em seis estados não há um relato sequer de queda de fuligem? Afinal, uma hora ou outra teria que cair.

3

Além disso, revelou uma história da Bíblia onde um muito semelhante ao que aconteceu no dia 19 de maio de 1780 eventos citados aproximadamente 2500 anos antes, o profeta Joel escreveu:. “O sol se converterá em trevas, e a lua sangue antes do dia do Senhor, grande e terrível dia chegar. “

4

Concluindo, houve sim pelo menos um incêndio florestal na região em 1780, porém esse evento passa longe de explicar a causa do Dia Escuro por causa de todas as evidências e relatos que contrariam esta hipótese e apesar de que alguns acreditem ter a solução para esta incógnita, o Dia Escuro de 1780 ainda permanece no mistério.

Deixe uma resposta