Muitas pessoas acreditam que as casas podem absorver a energia dos ocupantes anteriores. Mesmo que alguns não estejam dispostos a admitir abertamente essa crença supersticiosa, eles ainda estão ansiosos para ver a demolição de uma casa onde coisas ruins ocorreram.

casas malignas

Confira as 9 casas malignas que não existem mais

9. Castelo de assassinato de H.H. Holmes

H.H. holmes

H.H. Holmes é conhecido em toda a história como o primeiro assassino em série de Chicago. Acredita-se que este homem (ou monstro) tenha matado de 20 a mais de 100 pessoas de diferentes lugares, principalmente mulheres, no seu chamado “castelo de assassinato”. Suas vítimas foram muitas vezes espancadas até a morte, estranguladas ou possivelmente intoxicadas com gás. Seus corpos foram jogados no porão da adega, onde a cal e o ácido fizeram o trabalho rápido com sua carne, reduzindo-os a meros ossos. Holmes vendia às vezes os esqueletos para obter um lucro rápido. Outros corpos foram queimados no forno do porão.

8. Summerwind

summerwind

Summerwind foi construída em 1916 ao longo do Lago West Bay em Wisconsin (estado dos EUA). Era uma linda casa de verão onde Robert P. Lamont e sua família foram escapar da vida estressante de viver e trabalhar em Washington, DC. Segundo a lenda, o Sr. Lamont certa vez pensou que havia um intruso na casa e disparou a arma contra um fantasma. Após a morte de Lamont, a casa foi vendida várias vezes.

Na década de 1970, uma família com seis filhos comprou a casa. Eles viveram nela por apenas seis meses e alegaram que a casa estava severamente assombrada. Os pais e seus filhos imediatamente começaram a ver figuras dentro de sua casa. Ouviam-se vozes onde ninguém era visto, e janelas e portas se abriam e fechavam sozinhas. Eventualmente, o marido teve um colapso mental completo, e sua esposa tentou suicídio. Eles deixaram a casa e logo se divorciaram.

7. Casa de assassinato em Soham

soham

Em 2005, Ian Huntley foi condenado a 40 anos de prisão pelos assassinatos em 2002 de Holly Wells e Jessica Chapman em Soham, Cambridgeshire (condado da Inglaterra). Ele atraiu as meninas de dez anos para sua casa, as abusou sexualmente e as assassinou. Entre a época dos horripilantes assassinatos e a sentença, a casa onde os crimes foram cometidos foi destruída. Huntley trabalhava como cuidador no Soham Village College, e a casa veio com sua posição no colégio.

6. Casa do demônio

casa do demonio

Não havia assassinos associados com a “casa do demônio” localizada em Gary, no estado de Indiana, mas isso não impediu que a casa fosse maligna. De acordo com antigos residentes, era um viveiro de atividade demoníaca, que levou à posse e danos corporais das pessoas que moravam lá. A casa era tão maldita que o investigador Zak Bagans do Ghost Adventures o comprou do proprietário em 2014 e começou a trabalhar em um documentário sobre o lugar, assumindo que nunca tinha entrado em uma casa tão assombrada quanto esta.

5. O covil do Diabo

covil do diabo

O assassino em massa Adam Lanza chocou o estado de Connecticut quando ele atirou e matou sua mãe dentro de sua casa e depois saiu para assassinar mais 20 crianças e seis adultos dentro da escola Sandy Hook Elementary em 14 de dezembro de 2012. O banco assumiu a casa e ele foi transferido para a cidade de Newtown, também em Connectcut, pouco tempo depois. A casa da sua mãe era uma terrível lembrança dos horrores desse dia até a primavera de 2015.

Os moradores estavam, com razão, aborrecidos por terem que dirigir em frente a casa, e a cidade decidiu removê-la. Durante a demolição, tudo foi removido dela e queimado para impedir as pessoas de colecionar e vender as terríveis lembranças. As paredes e os alicerces foram esmagados, e o lote foi deixado como espaço aberto.

4. Casa do palhaço assassino

palhaco assassino

A casa de John Wayne Gacy, o palhaço assassino que brutalmente assassinou 33 meninos e jovens dentro de sua casa, foi destruída durante a busca dos corpos na primavera de 1979. O terreno feio e horrível ficou vazio até 1988, quando o chão foi quebrado para abrir caminho para uma nova casa.

Enquanto alguns sentiam que o espaço era assombrado, outros vizinhos se sentiram aliviados. Em vez de ter um lote feio, vago, onde o assassino tinha vivido, a nova casa faria o bairro sentir tudo normal novamente.

3. Casa dos assassinatos

casa dos assassinatos

Às vezes, a memória do que aconteceu dentro de uma casa é tão horrível que a única maneira de se livrar dela é queimar a casa inteira. Robin Bain e sua esposa, Margaret, foram encontrados mortos com várias marcas de tiros dentro de sua casa em Dunedin, Nova Zelândia, em 1994. Três de seus quatro filhos também foram baleados e mortos, deixando os restantes membros da família e da comunidade devastada. Não demorou muito para que o filho sobrevivente, David Bain, de 22 anos, viesse sob suspeita dos assassinatos.

A controvérsia continua sobre se David matou ou não sua família, mas a casa onde os assassinatos ocorreram recebeu a “pena de morte”. Menos de um mês depois dos assassinatos, os bombeiros queimaram a casa.

2. Casa do assassinato em Christchurch

christchurch

Aconteceu muitas vezes ao longo da história, das pessoas de uma comunidade decidirem que é hora de se livrar de uma casa do mal. Isso aconteceu em Christchurch, na Nova Zelândia, em 2010. Quatro tentativas de incêndio já foram feitas contra a “casa do assassinato”, onde Jason Somerville assassinou duas mulheres e escondeu seus corpos.

A comunidade estava compreensivelmente chateada e irritada com os horríveis acontecimentos e sabia que a casa tinha que ser destruída. Ela foi demolida, com planos de transformar o lote em um espaço público.

1. Birkwood Castle

castelo birkwood

Algumas pessoas acreditam que não há nada mais assustador do que um hospital mental deserto, e é bem possível que elas estejam certas. Tomemos, por exemplo, o Birkwood Castle, localizado em Lesmahagow, Lanarkshire, Escócia. Acreditado ter sido o ponto o mais assombrado no Reino Unido, ainda dizem que o castelo abrigou pacientes que morreram em um hospital.

De acordo com as pessoas que acreditam, os fantasmas que assombravam o local ficaram tão perturbados que fizeram as paredes se desintegrarem em 2015. Os vizinhos ouviram a forte explosão do acidente e os planos para o futuro do castelo foram adiados.

Fonte: http://acrediteounao.com/casas-malignas-que-nao-existem-mais/

Deixe uma resposta