O mundo em que vivemos está recheado de modinhas que surgem a todo momento, ou melhor, que reaparecem. Com a facilidade de acesso a informações e comunicação que temos através das redes sociais, as coisas tendem a tomar uma grande proporção e “viralizar” nas redes. Quem aqui nunca se deparou com algum meme da Gretchen no Facebook ou Twitter? Ou a onda que foi Inês Brasil. Realmente as coisas se espalham de forma rápida e não só através da internet, mas na vida pessoal também. É natural que proliferemos tudo aquilo que nos identificamos e também gostamos, o que acaba virando “modinha” e seguida por muitos.

Costumamos usar esse termo para as coisas que crescem muito em pouco tempo mas logo são caídas no esquecimento, não é verdade? Mas as coisas não são bem assim, pois algumas delas estão entre nós e ainda muito seguidas a mais tempo que você imagina. Pensando um pouquinho mais sobre isso, listamos e trouxemos para vocês 10 das “modinhas” mais velhas do que você imagina e provavelmente não sabia. Criamos essa lista incrível pensando em vocês, nossos caros leitores que são Desaforados, como nós. Então, sem mais delongas, confiram com a gente.

1- Keep Calm

1

Aquela famosa frase com a tradução de “fique calmo” seguida de alguma coisa específica não é tão recente quanto imaginamos. A frase foi utilizada em um cartaz de propaganda britânica pouco depois da Segunda Guerra Mundial. A frase completa era “Keel Calm and Carry On” (Fique calmo e siga em frente).

2- Edições de fotos

2

Todos os dias nos deparamos com novos editores de fotos e usamos e abusamos desses inventos, não é mesmo? Mas isso não é coisa da nossa atualidade. Com o tempo foram melhorando mas a prática começou logo após a invenção da fotografia em preto e branco.

3- Esportistas com bons salários

3

Os esportistas da Roma antiga ganhavam muito dinheiro, assim como os atuais, principalmente os pilotos de bigas. Para se ter uma noção disso, um piloto de bigas chamado Gaius Appuleius acumulou durante sua carreira de 24 anos cerca de U$$ 15 bilhões, se tornando então o esportista mais bem pago até os dias de hoje.

4- Abreviações em mensagens de texto

4

Coisas como OBG (obrigado), FDS (Fim de semana) e OMG (Oh my god, com a tradução de “Oh meu Deus”) não são coisas tão recentes assim. Esse método de comunicação começou na era dos telégrafos, onde os operadores encurtavam as mensagens para poupar tempo, trabalho e custo na hora de enviar já que o mesmo é cobrado por palavras.

5- Cirurgias plásticas

5

A pratica vaidosa dessa lista talvez seja a mais velha de tudo que foi apresentado. Por volta de 600 a.C. um médico utilizou parte do rosto de uma pessoa para reconstruir o nariz de outra. Os romanos também realizavam o feito para cobrir grandes cicatrizes, melhorar os seios e a parte superior do pênis.

6- Idolatria a famosos

6

O famoso “tiete”, que nada mais é do que a prática de acompanhar e abordar determinado famoso para um atendimento é mais antigo do que você imagina. Existem diversos fotógrafos, blogueiros, jornalistas e fãs que fazem isso o tempo todo. Os antigos romanos adoravam da mesma forma seus gladiadores, na Grécia os vencedores olímpicos tinham esse tratamento.

7- Correntes

7

Aquelas mensagens que as pessoas costumam nos enviar no Facebook ou WhatsApp são mais velhas do que a época do Orkut, que costumamos usar como referência para falar do assunto. A primeira corrente ocorreu através de carta e muito antes da internet, no ano de 1888 para ser mais exato. A corrente foi enviada para várias pessoas por um missionário endividado pedindo para que doassem dinheiro para uma escola específica e repassasse para três amigos. Com o sucesso da corrente, as pessoas logo adotaram a ideia e essa prática dura até hoje mas de uma forma diferente, como já conhecemos.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com seus amigos.

Fonte: UltraCurioso

Deixe uma resposta