Vivemos a Era da Informação, entretanto certos mistérios nunca deixarão de existir. Temos biografias detalhadas de praticamente qualquer figura histórica dos últimos séculos, mas e aqueles registros datados décadas ou séculos depois do falecimento de um regente, herói ou mártir? Aqui estão 5 pessoas famosas que talvez nunca existiram…

Homero

homero

Homero é o poeta grego que escreveu dois dos livros mais importantes de todos os tempos, as epopeias mitológicas Ilíada e Odisséia. Apesar da popularidade e importância desses épicos, seu autor permanece envolto em mistério. Por um lado, ele quase certamente não foi o criador desses contos, que provavelmente precederam Homero por cerca de mil anos. Ele foi simplesmente o primeiro a escrevê-los. Quanto ao próprio poeta, alguns dizem que Homero era cego, enquanto pelo menos um autor argumenta que ele era na verdade uma mulher.

Alguns historiadores acreditam que Homero não era uma única pessoa, mas sim um grupo de estudiosos gregos. Tais perguntas sobre a identidade e a existência do poeta são conhecidas como a Questão Homérica. No final, provavelmente nunca saberemos a resposta a essa pergunta, mas o legado de seus textos continuará.

Rei Artur

rei artur

A menos que tenha vivido sob uma rocha – das pesadas -, você provavelmente está familiarizado com as Lendas Arturianas. Mesmo se você não leu as histórias, provavelmente assistiu a Monty Python e o Santo Graal – ou deveria. Em todo caso, a lenda diz que o rei britânico reivindicou a espada Excalibur da senhora do lago e encontrou o copo de Cristo. Estas histórias fantásticas são claramente folclóricas, mas o Arthur da lenda foi baseado num homem real? Os primeiros contos de Artur apareceram no século IX e narraram sua batalha contra os exércitos saxões. É, portanto, provável que o indivíduo que serviu como base pra Artur viveu em algum momento antes disso.

Alguns historiadores sugerem o comandante militar romano Lucius Artorius Castus como um possível candidato. O filme do Rei Arthur de 2004 estrelado por Clive Owen segue esta linha de raciocínio e descreve-o como um soldado romano. Outros sugerem Riothamus, rei dos britânicos durante o quinto século. Em qualquer caso, estamos razoavelmente confiantes de que o Artur histórico – quem quer que ele fosse – não tinha acesso fácil a dois cocos ocos.

Robin Hood

robin hood

O legendário herói inglês Robin Hood é conhecido por roubar dos ricos e dar aos pobres, residindo na Floresta Sherwood com sua gangue de bandidos e cortejando a donzela Marion. As histórias são certamente fictícias, mas Robin Hood foi uma pessoa real? É impossível dizer se algum indivíduo inspirou a criação da lenda com alguma certeza. As histórias são totalmente inventadas, ou são uma combinação de elementos tirados de diferentes fontes históricas.

Identificar uma única pessoa como base pro famoso fora-da-lei é ainda mais difícil dado que, à medida que as histórias começaram a crescer em popularidade nos séculos XIII e XIV, ingleses aleatórios começaram a se autodenominar Robin Hood. No entanto, alguns historiadores especulam que Robin Hood foi baseado – em partes – no nobre Fulk FitzWarin, que se rebelou contra o Rei John – um dos inimigos de Robin Hood. A vida de FitzWarin foi transformada mais tarde em sua própria história medieval, Fouke le Fitz Waryn, que tem algumas similaridades com as histórias de Robin Hood. Se ele foi a base, então uma mudança de nome era uma boa decisão – o nome Fulk FitzWarin não causaria medo nos corações dos vilões.

William Tell

william tell

William Tell é um herói folclórico suíço. Tell supostamente viveu na Suíça durante o início do século XIV, quando a dinastia Habsburgo da Áustria governava a região. Como diz a história, um oficial austríaco colocou um chapéu em um poste na cidade de Altdorf e ordenou a todos os suíços que tirassem os bonés enquanto passavam por ele. Um dia Tell, um camponês local que estava acompanhado por seu filho, se recusou a fazê-lo. Em resposta, os austríacos forçaram Tell a atirar uma maçã da cabeça de seu filho a 120 passos, ou enfrentar a execução – e Tell habilmente acertou a maçã. Ele então passou a liderar uma pequena revolta contra os austríacos – presumivelmente depois de comprar algumas calças novas pro seu filho.

Tell é essencialmente a versão suíça de Robin Hood e, muito parecido com o fora-da-lei de Sherwood, ele provavelmente nunca existiu. A história da maçã é extremamente similar a um conto Viking, que muito provavelmente se tornou popular na Suíça e foi usado por patriotas como um desafio ao poder austríaco.

Jesus de Nazaré

jesus de nazaré

O consenso entre os historiadores é que a figura religiosa de Jesus de Nazaré – Jesus Cristo – foi provavelmente uma pessoa real, ainda que exista alguma dúvida. Uma pesquisa recente na Inglaterra, por exemplo, descobriu que cerca de 40% da população de lá não acredita que Jesus tenha sido uma pessoa real. Se existiu, Jesus provavelmente foi um homem que viveu durante a ocupação romana da atual Israel. Ele era um pregador judeu com seguidores, que as autoridades romanas finalmente executaram. Se ele realizou todos os feitos divinos descritos na Bíblia, está aberto a sua interpretação religiosa individual. No entanto, se ele era divino, um homem comum, ou uma figura mitológica, é justo dizer que Jesus Cristo está entre os indivíduos mais influentes de todos os tempos.


E aí tem algo escrito errado? Ficou com alguma dúvida ou tem alguma sugestão de matéria para O DesaForado? Envie para nós clicando no botão abaixo e não esqueça de deixar seu comentário abaixo.

Enviar Dica


Fonte: Acredite ou Não

Deixe uma resposta