Muitas vezes, nós enxergamos os insetos como bichos irritantes que invadem nossas casas e levam algumas pessoas a pânico. No entanto, por mais que isso seja verdade, alguns deles possuem um papel importante em nossa saúde, pois auxiliam, mesmo que sem querer, em alguns tratamentos médicos famosos por aí. O mesmo vale, por incrível que pareça, para alguns parasitas.

Confira abaixo 10 tratamentos médicos bizarros que realmente funcionam

10) Veneno de vespa para curar o câncer

tratamentos médicos-1

Se existe uma doença que cientistas querem descobrir uma cura é o câncer. Mas cientistas aqui do Brasil descobriram que o veneno da vespa Paulistinha, conhecida pelo nome científico de Polybia paulista, possui uma toxina chamada de Polybia-MP1 que é capaz de matar células cancerígenas sem afetar as que estão saudáveis.

Pode não parecer algo muito convidativo injetar veneno de vespa no seu corpo, mas é melhor do que acabar falecendo por conta de um câncer, não é mesmo? Mais estudos ainda precisam ser feitos, mas já é um passo importante para encontrar uma cura.

9) Pontos com cabeça de formigas

tratamentos médicos-2

A formiga-correição é uma espécie de formiga conhecida por suas enormes mandíbulas que podem até mesmo cortar a carne de qualquer animal e, claro, causam uma dor enorme para quem é mordido. E a ciência descobriu que por conta dessas características, as cabeças decapitadas desses insetos podem ser usadas como suturas temporárias em cortes profundos que precisam de pontos.

É um processo doloroso tanto para a vítima quanto o animal, já que é preciso deixar a formiga morder o ferimento e depois, torcer seu corpo para causar a decapitação. Esse processo já foi mostrado no filme Apocalypto.

8) Um parasita para tratar problemas intestinais crônicos

tratamentos médicos-3

A colite ulcerativa é uma doença intestinal inflamatória e crônica que causa a inflamação do trato digestivo. Alguns remédios até aliviam os sintomas, mas não existe uma cura para o problema. Mas uma equipe liderada pelo médico Joel Weinstock descobriu um tratamento em potencial que mostrou ser efetivo: engolir ovos de parasitas de porcos.

Weinstock e sua equipe fizeram um teste com um paciente que tinha o problema e notaram que ele apresentou uma notável melhora após ingerir os ovos do parasita. Depois, fizeram testes com 54 pacientes com a colite ulcerativa e 29 que tinha a Doença de Crohn, que é bastante semelhante. 47,8% e 72,4% dos voluntários, respectivamente, também apresentaram melhoras.

7) Centopeias em pó

tratamentos médicos-4

Desde tempos passados, os chineses tinham o hábito de usar centopeias em pó, conhecido pelo nome de wu gong, em tratamentos médicos de problemas como convulsões, tonturas e tétano. Os animais também costumavam ser usados durante o tratamento de câncer.

Apesar de todo o ceticismo que existe acerca da medicina asiática, muitos cientistas ocidentais garantem que o uso do wu gong é efetivo em vários tratamentos médicos, incluindo o câncer. Testes conduzidos em ratos com a doença mostraram que o pó de centopeias realmente surtiu efeito e diminuiu a atividade das células cancerígenas.

6) Larvas para limpar ferimentos

tratamentos médicos-5

O uso de larvas para a limpeza de ferimentos profundos já chegou a ser reconhecido pela Food and Drug Administration dos Estados Unidos, responsável por promover a saúde pública do país. E esse é um dos tratamentos médicos mais antigos e renomados dessa lista. Existem registros dentro do exército de Napoleão e na Primeira Guerra Mundial.

As larvas exercem duas funções diferentes. A primeira é comer qualquer tecido infectado ou morto no ferimento, sem prejudicar as partes vivas. Já a segunda é produzir uma secreção que ajuda nosso sistema imune a evitar novas infecções. E não precisa se preocupar com elas andando por seu corpo: elas são mantidas presas em uma “cela” de nylon.

5) Bicho-da-Seda pode ajudar vítimas de ataques cardíacos

tratamentos médicos-6

Vítimas de ataque cardíacos que sobrevivem ficam com seus corações permanentemente danificados, já que o tecido cardíaco não é capaz de se regenerar. Mas um grupo de cientistas indianos descobriram que a seda produzida pelo bicho-da-seda pode ajudar nessa questão.

Pesquisadores do Indian Institute of Technology descobriram que o Bicho-da-Seda Tasar é capaz de produzir discos do tamanho de moeda com sua seda, que são ótimos remendos para o coração por conta de proteínas que são benéficas para as células musculares. Por enquanto, os testes foram feitos apenas em ratos.

4) Elimine verrugas com escaravelhos

tratamentos médicos-7

Verrugas são um motivo de vergonha para muitas pessoas, tanto que muitas logo procuram um tratamento para se livrar delas. E um deles envolve um tipo de pomada produzida a partir da secreção de escaravelhos da família Meloidae. Essa substância se chama cantaridina e causa um empolamento em nossa pele, mas ajuda a remover verrugas.

Esse tipo de tratamento é conhecido desde os anos 50. Hoje em dia, é mais usado no caso de outros tratamentos, como congelamento com nitrogênio líquido e aplicação de ácido salicílico, falharem.

3) Sanguessugas para reativar a circulação sanguínea

tratamentos médicos-8

Desde o século 19, sanguessugas eram utilizadas em uma infinidade de tratamentos médicos nos Estados Unidos, Ásia e Europa. Já a medicina moderna sabe que esses anelídeos são importantes para reativar a circulação sanguínea em ferimentos profundos na pele e evitar a morte de células.

Outros estudos já mostraram que as sanguessugas podem ser usadas para aliviar a artrite em joelhos e que a secreção eliminada por elas pode ajudar no tratamento de zumbido nos ouvidos.

2) Lagartas que produzem vacinas contra gripe

tratamentos médicos-9

A gripe é uma das doenças mais conhecidas e persistentes que existem. E existe uma vacina para ajudar a preveni-la, conhecida como Flubok Quadrivalent, que possui um composto pouco usual: células da lagarta-do-cartucho.

Essa vacina é injetada nas células dessa espécie de lagarta, onde se desenvolve em outras substâncias que são usadas na versão final da vacina. O processo é feito quando a lagarta ainda está no estágio de pupa.

1) Mel para tratar queimaduras

tratamentos médicos-10

Usamos o mel das abelhas como alimento, mas ele também pode ser usado para uma infinidade de outras coisas, incluindo tratamentos médicos. Por exemplo, ele é muito bom para tratar queimaduras após ser aplicada água fria no local, já que ele evita que o ar entre em contato com a pele queimada. O alimento também possui propriedades antissépticas e ajuda na reidratação da pele.

Sabe-se também que o mel também ajuda no tratamento de úlceras por pressão e infecções bacterianas. A reputação do alimento é tão grande que a Food and Drug Administration dos Estados Unidos o reconhece como método de tratamento de ferimentos há décadas.

Fonte: Listverse

O post 10 tratamentos médicos bizarros que realmente funcionam apareceu primeiro em Acredite ou Não.


E aí tem algo escrito errado? Ficou com alguma dúvida ou tem alguma sugestão de matéria para O DesaForado? Envie para nós clicando no botão abaixo e não esqueça de deixar seu comentário abaixo.

Enviar Dica


Fonte: https://acrediteounao.com/10-tratamentos-medicos-bizarros-que-realmente-funcionam/ 

Deixe uma resposta